AEAA-MA realiza curso online sobre Saneamento e Saúde Pública nas Cidades Inteligentes

Entre os dias 17 e 25 de novembro, a Associação dos Engenheiros, arquitetos e agrônomos de Monte Alto, AEAA-MA realizou de forma online o curso “Cidades Inteligentes: Saneamento e Saúde Pública”, ministrado pelo Eng. Químico e Dr. Em Tecnologia Ambiental Gustavo Frata.

O curso foi realizado em parceria com o CREA-SP, dentro de um projeto de fomento à divulgação dos princípios que regem as cidades inteligentes. O CREA-SP vem investindo em divulgação e orientação dos profissionais a respeito dos conceitos e princípios das cidades inteligentes, tema fundamental para o futuro do País e para o avanço das tecnologias que beneficiam as pessoas e sistemas de gestão pública.

O curso contou com 4 aulas online, com carga horária total de 16 horas. Nelas, o Eng. Químico Gustavo Frata falou sobre as cidades inteligentes: “O conceito de cidades inteligentes está atrelado ao uso da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) considerando a necessidade de desenvolvimento sustentável. Assim, uma cidade inteligente é um ecossistema urbano inovador onde as TICs ajudam a promover a qualidade de vida, a eficiência econômica e política e o desenvolvimento social e cultural.

Segundo Frata, o saneamento básico é parte fundamental de uma cidade que pensa de forma inteligente. E em cada uma das diversas etapas do saneamento, o que a tecnologia faz é poder servir de apoio, levando a um novo patamar de Cidade Inteligente.

“Hoje, estamos falando de Saneamento 4.0, que é o uso da tecnologia, sensores, Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial (IA) apoiando no monitoramento de telemedição e telemetria, pontua o engenheiro químico. O Brasil, por exemplo, é um dos países que mais têm registros de vazamentos de água no mundo. “O primeiro passo é evitar o desperdício de água”.

Gustavo Frata falou também sobre resíduos sólidos. “Em relação a esse ponto, as ações de saneamento devem priorizar a separação, utilização e reciclagem, bem como o tratamento, visando geração de energia e outros insumos por meio da aplicação de tecnologia de inovação, assegurando a economia circular sustentável”, explica.

O evento contou ainda com a apresentação do presidente da AEAA-MA, Francisco Innocencio Pereira, que falou da importância desse tipo de iniciativa para a Monte Alto e região. Francisco, que também é Engenheiro Químico, comentou também sobre os temas abordados em cada aula do curso.

Como parte integrante da transmissão ao vivo, foram exibidos vídeos institucionais do CREA-SP, que esclarecem e passam informações valiosas sobre os aspectos legais das engenharias, assim como sobre ARTs e a atuação da entidade na fiscalização do setor.

Autor:
Categoria: